Quarto contrato-programa com o Marítimo dá mais 1,5 milhões para obras nos Barreiros

O Conselho do Governo reunido ontem em plenário resolveu atribuir uma comparticipação financeira ao Club Sport Marítimo da Madeira no montante de €1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil euros), sem IVA incluído.

O Executivo resolveu autorizar a celebração do contrato-programa de desenvolvimento desportivo com o Club Sport Marítimo da Madeira, tendo em vista a comparticipação financeira da Direção Regional de Juventude e Desporto, na Empreitada de Construção do Novo Estádio dos Barreiros.

A comparticipação financeira será processada durante o ano de 2017.

A despesa tem cabimento na rubrica de apoio à construção de infraestruturas desportivas do orçamento da Direção Regional de Juventude e Desporto.

Trata-se do 4.º Contrato-Programa, tendo por objeto a comparticipação financeira da Região na empreitada de construção do novo Estádio dos Barreiros.

O 1.º contrato-programa foi celebrado a 3 de outubro 2013 depois do anterior contrato ter sido revogado a 28 de dezembro de 2012 por imposição do PAEF.

“A construção do Novo Estádio dos Barreiros tem efeitos diretos na promoção do Turismo, por via do afluxo à Região de turistas por ocasião de eventos desportivos”, justifica a resolução.