Paulo Cafôfo inaugurou hoje tapete de flores no Mercado dos Lavradores


O edil funchalense inaugurou hoje um tapete de flores tradicional madeirense no Mercado dos Lavradores, promovido pela Unidade de Mercados da CMF, no âmbito da Festa da Flor. Na ocasião, Paulo Cafôfo referiu que a edilidade não se podia alhear desta festa, que “é de todos os madeirenses”; antes quis trazer-lhe “mais valor”.

“Todos devemos estar associados a este grande cartaz, quer se trate do Governo Regional, da Câmara, dos hoteleiros ou dos comerciantes”, opinou.

Entre aquilo que o município fez para ajudar a abrilhantar a cidade para o ocasião, Cafôfo salientou “a decoração belíssima” do Largo do Colégio, ou o Concurso de Vitrinismo que este ano inclui 25 participantes, entre comerciantes que enfeitaram os seus lugares de negócio com flores e temáticas alusivas à Festa.

Por outro lado, no Mercado, “um sítio de visita de tantos turistas”, conforme referiu, “também nos quisemos associar”. Para tal, concorreu o apoio indispensável de “todas as floristas do Mercado”, a quem agradeceu a oferta das flores para o tapete instalado no local, e que considerou também “belíssimo” e mais uma razão de atractividade para o Mercado dos Lavradores.