PSP faz detenções por posse de arma proibida e furto qualificado

De acordo com uma informação do Comando Regional da Polícia de Segurança Pública da Madeira, numa investigação relacionada com ilícitos de violência doméstica, desenvolvida pela Divisão Policial de Câmara de Lobos, foi indiciado um indivíduo do género masculino, maior de idade, natural e residente no concelho da Ribeira Brava, pelo crime de detenção de arma proibida – uma espingarda de calibre 20 mm e 12 mm –, previsto e punido pelo regime jurídico de armas e munições.
Em resultado de uma operação de prevenção criminal, iniciada pela sinalização de uma residência particular na costa sudoeste com sinais de arrombamento, a mesma Divisão Policial interceptou e deteve um indivíduo do género masculino, maior de idade, natural e residente na Região, indiciado pelo crime de furto no interior de residência e apropriação ilegítima de uma viatura automóvel.
O detido, já amplamente referenciado pela Polícia de Segurança Pública por crimes contra o património, foi constituído arguido tendo sido sujeito à medida de coacção de Termo de Identidade e Residência pela autoridade judiciária competente.