União vai processar o Governo Regional

filipe-silva-com-treinador
Filipe Silva, na imagem com o novo treinador Jorge Casquilha. Foto União

Filipe Silva, responsável máximo pela administração do União, anunciou, em declarações à Antena 1, que já deu instruções no sentido de processar judicialmente o Governo Regional.

A notícia refere que ” Governo está a retirar certidões de dívida, exigindo ao clube o cumprimento das prestações, uma situação que está a fomentar execuções fiscais junto das Finanças e Segurança Social bloqueando a própria proposta do Governo de alterar os contratos programa”.

O líder unionista é claro quando afirma que por alturas do PAEF (Plano de Ajustamento Económico e Financeiro) a que a Região se submeteu, o Governo atrasou-se, com todos os clubes, Marítimo, Nacional e União, no pagamento das infraestruturas que estavam contratualizadas em contratos-programa”. Filipe Silva diz que, em consequência disso, “o Banif, ao fim de doze ou catorze prestações, venceu a dívida e foi executar o avalista, que é o Governo. Só que agora, temos uma situação caricata, com o Governo a retirar, de seis em seis meses ou de três em três meses, certidões exigindo ao União a devolução de uma verba que não recebeu”.

Fruto disso, diz o líder do União, “existem execuções fiscais contra o clube, uma vez que o tempo fez com que o União entrasse em incumprimento, sem qualquer tipo de receita e sem conseguir retirar certidões fiscais e da Segurança Social que é uma condição exigida para poder alterar os contratos-programa”.

Outro dos problemas apontados por Filipe Silva à Antena 1 prende-se com a formação. Neste momento, o Uniâo não pode receber qualquer verba para esses escalões face à anulação do perdão de dívida concedido pelo Governo Regional. A solução encontrada pelo Governo, de devolução faseada no tempo, descontando em contratos-programa futuros, não foi possível dado que o União caíu, na altura, na divisão B.

Segundo a informação constante da mesma notícia, o valor fiscal em causa ronda os 3 milhões de euros.

Relativamente ao futebol, refira-se que o União conta já com novo treinador, Jorge Casquilha, que vai tentara melhor classificação possível na II Liga. Nas declarações de apresentação do novo treinador, Filipe Silva reconheceu ser muito difícil avançar para os lugares cimeitos. O União ocupa