Bob Dylan ganha Nobel da Literatura

LOS ANGELES, CA - FEBRUARY 06:  Bob Dylan speaks onstage at the 25th anniversary MusiCares 2015 Person Of The Year Gala honoring Bob Dylan at the Los Angeles Convention Center on February 6, 2015 in Los Angeles, California. The annual benefit raises critical funds for MusiCares' Emergency Financial Assistance and Addiction Recovery programs. For more information visit musicares.org.  (Photo by Kevin Mazur/WireImage)
(Photo by Kevin Mazur/WireImage)

A Academia Sueca anunciou hoje em Estocolmo que o Prémio Nobel da Literatura foi atribuído a Bob Dylan.

O novo prémio Nobel é mais conhecido pelas músicas do que pela literatura mas a Academia distinguiu-o por “ter criado novos modos de expressão poética no quadro da tradição da música americana”.

Bob Dylan (nome artístico de Robert Allen Zimmerman; Duluth, 24 de maio de 1941), é um compositor, cantor, pintor, ator e escritor norte-americano.

Nascido no estado de Minnesota, neto de imigrantes judeus russos, aos dez anos de idade Dylan escreveu seus primeiros poemas e, ainda adolescente, aprendeu piano e guitarra sozinho.

Começou a cantar em grupos de rock, imitando Little Richard e Buddy Holly, mas quando foi para a Universidade de Minnesota em 1959, voltou-se para a folk music, impressionado com a obra musical do lendário cantor folk Woody Guthrie, a quem foi visitar em Nova Iorque em 1961.

Em 2004, foi eleito pela revista Rolling Stone o 7.º maior cantor de todos os tempos e, pela mesma revista, o 2.º melhor artista da música de todos os tempos, ficando atrás somente dos Beatles, e uma de suas principais canções, “Like a Rolling Stone”, foi escolhida como uma das melhores de todos os tempos.

Dylan influenciou diretamente grandes nomes do rock americano e britânico dos anos de 1960 e 1970.

Em 2012, Dylan foi condecorado com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.