Orquestra Clássica da Madeira apresenta-se sábado na Assembleia Regional

jose-eduardo-gomes
O maestro José Eduardo Gomes.

A Orquestra Clássica da Madeira, através da Associação Notas e Sinfonias Atlânticas (ANSA), apresenta-se em palco no próximo sábado, dia 15 de outubro, pelas 18:00, na Assembleia Legislativa da Madeira.

“Originais para sopros! Uma proposta ousada, inspiradora e desafiante! Com uma atividade eclética, José Eduardo Gomes tem-se afirmado  nos palcos nacionais e internacionais tanto como instrumentista de música de câmara, ou como diretor de orquestra. Nesta sua estreia com a Clássica da Madeira, temos uma proposta artística ousada e desafiante para os instrumentistas de sopro”, revela a ANSA.

“A quantidade de obras originalmente escritas para formações maioritariamente com instrumentos de sopro e que pela sua formação menos conceptual muitas vezes é negligenciada nas programações, leva-nos a assumir com audácia um programa dedicado a estas “pérolas” da composição instrumental.”, acrescenta.

O programa eleito contempla obras de Felix Mendelssohn Bartholdy -Abertura em Do Maior op. 24 ; Antonín Dvořák – Serenata para Instrumentos de Sopro op. 44 ; Paul Dukas – La Peri Fanfare ;Igor Stravinsky- Symphonies d’instruments à vents  (versão 1947); Vítor de Faria – Deus e Adeus e de Malcolm Arnold  – Water Music op.82 .

Os bilhetes para o concerto estão disponíveis no Posto de Turismo, e custam 20€, 15€ séniores, 10€ Associados, as crianças dos 6 aos 12 anos 5€ e estudantes a partir dos 13 anos 10€ (grupos com mais de cinco jovens o ingresso individual custa 7.5€).

O maestro José Eduardo Gomes nasceu em 1983. Iniciou os seus estudos musicais, em clarinete na Banda de Música da sua terra natal, V.N. Famalicão, prosseguindo na ARTAVE, e depois na ESMAE – Porto, onde se licenciou na classe de António Saiote. Estudou Direcção de Orquestra na Haute École de Musique de Genève (Suiça) na classe de Laurent Gay e Direcção Coral na classe de Celso Antunes.

Foi premiado em concursos nacionais e internacionais, onde se destacam: “Prémio Jovens Músicos”, “Concurso Marcos Romão” e “Concurso Internacional Villa de Montroy, Valencia”.