Crónica Urbana: Nem com arame farpado e terreno minado…

21-de-agosto-001.jpg.jpeg

Rui Marote

Não há dúvida de que temos de continuar a apostar na educação das pessoas, na Madeira. Esta manhã, estivemos na Praça CR7, ex-Praça do Mar. E eram estas as tristes imagens da falta de civismo. Autênticos lagos de urina junto à célebre casinha. O esvaziar do ácido úrico junto à mesma é de bradar aos céus. Entretanto, o lixo por toda a praça era constituído por garrafas de plástico e guardanapos. As zonas junto aos bancos daquele espaço público eram autênticas lixeiras.

21-de-agosto-004.jpg.jpeg

Os madeirenses já perderam o livre acesso a esta praça a todas as horas do dia e da noite, à conta destes comportamentos. Mas afinal, parece que as grades não resolvem. Quando há “noite” na discoteca Vespas, a qual acaba já bem depois do dia nascer, os clientes deste espaço, já no exterior, despejam centenas de litros de cerveja acumulada no sistema urinário. São como os cães: procuram os recantos (a célebre casinha a que atrás nos referimos) e árvores para levantar a perninha.

21-de-agosto-003.jpg.jpeg

A hora de abertura das célebres grades, ao fim-de-semana, terá de ser alterada: abrir às sete horas é cedo demais, é melhor às nove… para evitar que isto aconteça. É caso para dizer que nem com arame farpado ou terreno minado… Tudo isto, também, porque não existem casas de banho públicas nas proximidades.

A 30 de Dezembro de 2015 alertámos pessoalmente o presidente do Governo Regional, quando este visitou as obras de conclusão do cais norte, da não existência de toilettes no porto (exterior) assim como de elevador para as pessoas com dificuldades de locomoção subirem até ao calçadão sem ser pela inclinada rampa de acesso.

Albuquerque inquiriu a directora da APRAM a respeito, que confirmou que, embora o local exista para instalação acima como a caixa do elevador.

Oito meses depois, continuamos na mesma. Nem toilettes, nem elevador. O problema mantém-se. Vamos repetir pela enésima vez o slogan: apostemos na educação para sermos uma grande Madeira…