Alugar e arrendar

boneco pensar

Ambas as palavras têm lugar na língua portuguesa.

Em dicionários mais antigos, a diferenciação é feita nos seguintes termos:

alugar é dar de aluguer, ceder, por determinado tempo, mediante pagamento, o direito a alguma coisa ou bem.
Ex.: Aluguei um carro para passear.

Arrendar é dar ou tomar um prédio de renda, é permitir que qualquer bem imóvel seja usado, por um período de tempo, em troca de dinheiro.
Exs.: Arrendei uma casa na praia.
Este mês, atrasei-me no pagamento da renda da casa.

A distinção entre arrendamento e aluguer está, também, consignada no art.º 1023.º do Código Civil, no qual se diz “A locação diz-se arrendamento quando versa sobre coisa imóvel, aluguer quando incide sobre coisa móvel”.

boneco certo

Assim, deve usar-se o verbo alugar para bens móveis (ex. carro, barco, fato) e o verbo arrendar para bens imóveis (ex. casa, vivenda, apartamento, espaço comercial…).

Contudo, segundo alguns dicionários atuais, os vocábulos alugar e arrendar figuram como palavras sinónimas, o que revela, de algum modo, a instabilidade e renovação constantes da nossa língua.

boneco comunica

Juridicamente, a distinção mantém-se.

https://pensaralingua.wordpress.com