Gonçalo Nuno Malheiro Araújo: o homem que planeou o Porto de Abrigo do Porto Santo

araujo
Fotos DR.

O FN evoca hoje uma figura discreta mas com provas dadas no planeamento ambiental e territorial da Madeira, há algumas décadas, justamente quando tudo estava por fazer e as limitações eram incontáveis. Mas, a vontade empreendedora, o espírito de missão pela causa pública e a grande humildade do Eng. Gonçalo Nuno Malheiro Araújo obriga a referência hoje no FN.

Partimos de uma foto que se perde no tempo mas não da memória dos homens. Ramalho Eanes, então Presidente da República, visitou o Porto Santo, no dia 30 de Junho de 1977, onde foi apresentado o Projecto do Porto de Abrigo, da responsabilidade de Gonçalo Nuno Malheiro Araújo, na altura Secretário Regional do Equipamento Social do primeiro Governo Regional, liderado pelo Eng. Jaime de Ornelas Camacho. Na Imagem, o Presidente Eanes, o Eng. Gonçalo Nuno Araújo e Margarida Neves da Costa.
Em 1984, o Presidente voltou à ilha dourada para a sua inauguração. Desta feita, Alberto João Jardim já era o Presidente do Governo.
Mas Gonçalo Nuno Malheiro Araújo teve, também, mais tarde um papel importante na elaboração dos Planos Diretores Municipais, enquanto Diretor Regional do Ambiente, sempre com uma perspetiva genuína de preservar o ambiente com uma lógica de desenvolvimento sustentável.
Mais tarde, em 2008, é distinguido com a medalhas de mérito pelo seu papel na sociedade madeirense, justamente por ocasião do Dia da Região, juntamente com outras personalidades.
Hoje, o Eng. Gonçalo Nuno Malheiro Araújo está retirado da vida ativa. Acompanha-o sempre, além dos filhos, a sua mulher, Maria do Carmo Dória Monteiro de Araújo, também ela com grande dinamismo ao longo da sua carreira de professora e ao serviço da solidariedade e dos valores humanos, causas que ainda hoje abraça e desenvolve com grande empenho.