Santana cessa funções para ser promovido a diretor de serviço (atualização)

faria-nunesCom produção de efeitos imediatos e a seu pedido, foi exonerado o técnico especialista do gabinete do Secretário Regional da Saúde, Pedro Miguel da Silva Santana.

Mas o FN acaba de ser informado pelo Secretário Regional da Saúde que  Miguel Santana sai das funções que exercia com o objetivo de ser promovido a diretor de serviço, pelo que não se pode considerar uma “baixa”. Um dado que não consta do Despacho publicado no JORAM, que fundamentou a notícia do FN desta tarde, mas que foi agora revelado por Faria Nunes.

Pedro Santana, natural de Setúbal, licenciado em Gestão e Administração Pública, tinha sido nomeado em Agosto de 2015.

Já antes, desde 21 de abril de 2015, até 5 de agosto de 2015 fez parte da equipa do ex-secretário da Saúde, Manuel Brito, que o tinha ido buscar ao Gabinete de Gestão da Direção Regional do Plano e Finanças.

Com Faria Nunes, tinha sido “recrutado” ao mapa de pessoal da Direção Regional do Comércio, Industria e Energia para auxiliar o secretário na política Orçamental, nomeadamente para efeitos de redução de défice orçamental e bem assim, execução dos compromissos assumidos no âmbito no Programa de Ajustamento Económico e Financeiro da Região Autónoma da Madeira (PAEF-RAM).

Era sua função prestar “assessoria específica nesta área através de um apoio técnico especializado no âmbito da Unidade de Gestão que coordene a execução da política orçamental no conjunto dos órgãos da Secretaria Regional da Saúde, incluindo os da administração indireta”. Passa agora a diretor de serviço da unidade de gestão a que já estava afeto, tendo o secretário também já rubricado o despacho de promoção.