Cavalheiros da Tábua Redonda discutem medicinas alternativas a 18 de Março

eduardo luís
Foto Facebook, Eduardo Luís

A Confraria dos Cavalheiros da Tábua Redonda vai levar a debate no próximo dia 18, deste mês de Março, pelas 20h30, no Restaurante “O Miradouro”, em S. Roque (Funchal) o habitual jantar/debate mensal, desta feita o tema de debate será: “As vantagens (e desvantagens) das medicinas alternativas.”

Nos últimos anos, muito se tem falado sobre as medicinas alternativas (ou terapias complementares). No entanto, poucos são aqueles que sabem o que significam estes termos, e em que medida essas terapias contribuem para uma melhoria do estado de saúde daqueles que as procuram.
A medicina convencional tem sido até há poucos anos praticamente, de forma geral, a primeira – se não a única – opção para as populações sobretudo ocidentais.
Portugal não é excepção, contudo, tem-se verificado que na última década, a procura de medicinas não convencionais por parte dos cidadãos se tem intensificado.
Infelizmente, o respeito e o reconhecimento concedidos a estas terapêuticas são ainda limitados, pelo facto de haver pouca clarificação, não só nos procedimentos, mas também na acreditação dos profissionais que as praticam.
Por isso mesmo a Confraria vai levar o tema a debate na data e local já indicados, no qual será convidado Eduardo Luís, Presidente da Ordem Mundial das Medicinas Alternativas, que virá esclarecer, informar e tirar todas as dúvidas sobre o tema.