Almada defende 25 de Abril e ataca 25 de Novembro

Roberto Almada
O deputado Roberto Almada, do BE, acaba de considerar que o 25 de Novembro foi um contra-golpe revolucionário, que não rivaliza em importância com o 25 de Abril. Defende, isso sim, que o 25 de Abril seja comemorado na Assembleia Regional, mas numa sessão solene anual e não apenas numa sessão parlamentar. Nesse ponto, diverge da proposta do PSD, mas o BE votará favoravelmente a proposta social-democrata, se tal se tornar necessário, porque de um bem maior se trata, disse.

Já Carlos Costa, JPP, considerou que há datas mais importantes do que o 25 de Novembro para comemorar, nomeadamente as datas do 5 de Outubro, entre outras datas históricas.