Câmara de Lobos com nova imagem gráfica

wpid-screenshot_2015-11-18-16-50-29.png

O presidente da Câmara, Pedro Coelho, apresentou esta manhã a nova imagem e identidade gráfica da autarquia de Câmara de Lobos. A nova identidade é composta por cinco símbolos, que realçam as caraterísticas mais marcantes de cada freguesia, reunidos sobre uma identidade única em que o todo é mais do que a soma das partes, segundo informação oficial.

«Câmara de Lobos, Estreito, Jardim da Serra, Quinta Grande e Curral das Freiras, Cinco freguesias que enriquecem a identidade do concelho, traços distintos de uma paleta paisagística e humana, que se unem, de forma harmoniosa, numa tela ímpar», foi desta forma que Pedro Coelho sintetizou a nova identidade gráfica da edilidade câmara-lobense.

A conceção da nova identidade foi integralmente desenvolvida pelo gabinete de comunicação e imagem da autarquia e procurou interpretar, de uma forma sintética e gráfica, aqueles que são os principais elementos distintivos de cada uma das freguesias, reunindo-os de forma harmoniosa numa identidade única. Por outro lado, os criativos da autarquia procuraram que a nova identidade fosse coerente com as prioridades estabelecidas pela autarquia, bem como valorizar algumas das ações já desencadeadas pela edilidade ao nível da identificação demarcas paras diferentes localidades do concelho.

Assim, o símbolo que identifica a freguesia do Curral das Freiras é a castanha, fazendo corresponder à importância que aquele produto tem para a economia e na definição da pausagem daquela freguesia, e inscreve-se na recente iniciativa municipal de registo no INPI «Curral das Freiras, Capital da Castanha». O símbolo que identifica a freguesia do Jardim da Serra, produto agrícola caraterístico da localidade, e inscreve-se, igualmente, na iniciativa municipal de registo no INPI «Jardim da Serra, Terra da Cereja». A freguesia de Câmara de Lobos é identificada pelas ondas do mar, assinalando a ligação histórica desta comunidade humana a este recurso. Do lado do Estreito de Câmara de Lobos, o elemento gráfico adotado representa a uva, inscrevendo-se na iniciativa municipal de registo no INPI «Estreito de Câmara de Lobos, Terra do Vinho» e procurando evidenciar a vocação vitivinícola da localidade. No caso da Quinta Grande, a aposta foi valorizar a importância que a agricultura representa não só na configuração da paisagem, como também enquanto um dos principais setores de atividade económica da localidade.

Na ocasião o presidente da Câmara referiu que a partir desta data toda a comunicação institucional passará a integrar este novo elemento gráfico, nomeadamente nos documentos oficiais da autarquia, merchandising municipal, mupis, entre outros meios de comunicação e de divulgação do município.