JPP quer passes mais baratos para estudantes da UMa

jpp

O Grupo Parlamentar do Movimento Juntos Pelo Povo (JPP) reuniu esta sexta-feira, 30 de outubro, com a Associação de Estudantes da Madeira (AAUMa) para abordar a questão dos custos dos transportes rodoviários, para os estudantes do Ensino Superior.

“Deparámo-nos com preços exorbitantes! Por exemplo, desde o Porto Moniz até à universidade são cerca de 180 euros, no total de passe combinado. O mesmo se passa com a outra empresa, a SAM, que faz para o Porto da Cruz um valor idêntico”, começou por destacar a deputada do JPP, Patrícia Spínola.

Além dos elevados valores praticados pelas empresas de transportes públicos, há ainda a questão da discriminação para os alunos bolseiros: “Existe uma diferenciação entre os preços para os alunos bolseiros e não bolseiros, sendo mais caro para os que recebem bolsa de estudo, o que se revela injusto.”

As contas são fáceis de fazer e revelam resultados preocupantes: “180 euros é cerca de 20 por cento de um ordenado mínimo. É incomportável para uma família, até com mais de um filho a estudar, pagar transportes a este nível.”

A situação obriga a uma reflexão profunda sobre o assunto, “junto das companhias e do Governo Regional, no sentido de encontrar uma solução que ajude estas famílias e estes estudantes, que já têm outros custos para assumir, ao longo do curso”.

Perante os dados recolhidos junto da AAUMa, “o JPP vai tentar encontrar uma solução para ajudar estes alunos e as suas famílias a terem um nível de vida melhor e, assim, continuarem com os seus estudos”.