Projeto “Grita que eu escuto” entrega cadeira de rodas ao Lar do Porto da Cruz

cadeira de rodas

Foi hoje entregue a terceira de cinco cadeiras de rodas que vão ser doadas, esta semana, pela ‘Quality Business’, a vária instituições, através do Projeto “Grita que eu Escuto” do empresário Alan Borges.

A Associação Causa Social foi a contemplada, num ato em que marcaram presença Kátia Borges, esposa do empresário, Fábio Lima da Equipa Sénior Masculina do CAB, Pedro e Leonardo, alunos finalistas da Escola da Levada.

Desta vez a receção à comitiva decorreu na sede da associação e esteve a cargo de Maria Martins e de Isabel Moura, presidente da associação e diretora do Lar do Porto da Cruz, respetivamente, lar para onde irá a cadeira doada.

Referindo-se ao equipamento, Maria Martins disse que o mesmo “é sempre bem-vindo”, até porque o lar passou a ter uma extensão com mais 16 utentes e o equipamento não surgiu “na proporção do número de utentes, na sua maioria altas problemáticas do SESARAM”.

Por seu turno Kátia Borges disse que esta era uma “entrega simbólica”, pois o Projeto Grita que eu Escuto sabe que as necessidades vão para além de uma cadeira. No entanto, acrescentou, este gesto pretende fazer a diferença na vida de alguém. Deixou ainda em aberto a possibilidade de, no futuro, haver outro tipo de ajudas por parte do Projeto de Alan Borges.

A Delegação da Madeira da ‘Alzheimer Portugal’, que já tem até uma família a quem entregar a cadeira, e a Associação Protetora dos Pobres, onde a respetiva cadeira também já tem destinatário, são as associações que se seguem. As entregas terão sempre lugar pelas 11.30 horas.