Diogo Goes integra exposição colectiva em Vila Nova de Gaia

Diogo goes
Fotos DR

Um edifício de uma antiga esquadra de polícia reabilitada e agora convertida em galeria de arte, um edifício da Câmara Municipal de Gaia, acolhe, a partir do dia 6 de novembro, a nova exposição colectiva, apresentada no âmbito do projeto “Onda Bienal”, em Vila Nova de Gaia, em que participa também o jovem artista madeirense Diogo Goes.

Este projeto, surge na sequência da Bienal de Arte de Gaia, de que também o artista madeirense integrou como artista convidado e é uma organização da cooperativa Artistas de Gaia com o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e tem comissariado do artista plástico, jornalista e museólogo Agostinho Santos, diretor artístico da Bienal.

O artista plástico madeirense Diogo Goes volta a ser convidado para uma nova exposição nacional, “Tributo à Arte Bruta” versando o tema da “Arte Bruta” expressa em diferentes linguagens plásticas. Integram ainda a exposição, 33 artistas plásticos convidados. Nesta exposição, Diogo Goes apresenta dois trabalhos de pintura a acrílico, objectos-relíquias, assemblagem sobre madeira e cartão.

Diogo goes2Recorde-se que Diogo Goes tem a decorrer no país e na Região várias exposições em que participa. Na cidade italiana de Milão, desde 22 de Outubro até 22 de Novembro, está um projeto individual, na área das Artes Visuais e Fotografia, ”Totem / Extra Virgens”, comissariado pelo Clube Portugues de Artes e Ideias, sediado em Lisboa, e que levou o artista a apresentar e expor o seu trabalho no âmbito da Bienal de Milão 2015 -Mediterrânea 17.

De referir que a Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura, através da Direção Regional de Turismo, apoiou esta exposição com material promocional do destino Madeira para ser entregue no espaço onde decorre esta exposição.