CDS quer que nenhuma criança fique sem médico de família

mario pereira

O deputado do CDS/PP Madeira, Mário Pereira, foi hoje de manhã o porta-voz de uma iniciativa realizada pelo CDS-Madeira, junto ao Centro de Saúde de Santo António, para falar do projecto apresentado à Assembleia Legislativa da Madeira “Nenhuma criança fica privada de médico de família”.

De acordo com Mário Pereira, este projecto é, no fundo, a continuação de um projecto existente no continente, que foi aprovado este ano por unanimidade na Assembleia da República, e que prevê um conjunto de mecanismos a serem regulados pelo Governo, para que nenhuma criança fique sem ser assistida por um médico de família.

O deputado centrista sublinhou que há muitas situações que podem afectar as crianças, desde a obesidade infantil à asma, e que não podem ser resolvidas nas consultas das urgências. É para isso que existe a assistência do médico de família: a prevenção e o acompanhamento das doenças e seu tratamento.

As crianças madeirenses, denunciou Mário Pereira, em muitos casos não têm médico de família. Ora, a prevenção das doenças “tem de ser para toda a população”.

Mário Pereira diz ter indicadores que apontam para que oito mil crianças na RAM não tenham médico de família.