PPM defende o Estado Social

wpid-joão-noronha-1.jpg.jpeg

O Partido Popular Monárquico defende que o Estado Social é essencial e aposta na entrega da Caaixa Geral de Depósitos à Segurança Social para assegurar o seu financiamento.

João Noronha, candidato pela Madeira, afirma que “esta é uma proposta que faz parte do programa do partido”, o qual foi ontem apresentado em Lisboa pelo candidato a primeiro ministro Gonçalo da Câmara Pereira. “Faz sentido que um banco público seja utilizado para financiar o estado e não os interesses de alguns, que olham para a CGD como um futuro lugar de prestigio e acima e tudo, bem remunerado. Quando tantas vezes se fala que a segurança social não tem dinheiro, o financiamento por parte deste banco pode vir a ser crucial para incrementar  os  apoios  aos  sectores  mais desfavorecidos  da  sociedade  portuguesa, mas também apoiando as muitas instituições de solidariedade social não dependentes de apoio estatal e  cuja existência depende  de donativos  particulares e, em grande parte, de trabalho voluntário”, sublinha.