Pombos nas esplanadas escondem perigos

FullSizeRender
Fotos Catarina Rodrigues

Há muito que se tornou um cenário habitual: ver os pombos a passear-se nas esplanadas dos cafés no centro da cidade e fora dele. Ninguém parece levar a mal, pois aparentemente são animais inofensivos.

À procura das migalhas de pão, da batata frita e até dos amendoins, lá se atrevem estas aves ao banquete, ante o olhar indiferente dos frequentadores das esplanadas.

Acontece que, já diz o povo com a sua eterna sabedoria, “as pombas são os ratos do ar”. Apesar de inofensivos, são portadores de piolhos e outras maleitas que não convém nada apanhar.

Há muito que os madeirenses têm a tradição de ter as suas aves nos pombais e deles bem cuidam. É uma opção individual a respeitar. Mas na via pública, nas esplanadas dos cafés e outros estabelecimentos, deveria haver o cuidado de não permitir o acesso dos pombos, até por uma questão de saúde pública.