Um novo “player” na publicitação do turismo

SONY DSC
Foto Rui Marote

É uma subtileza a que o Estepilha não ficou indiferente. Na Praça do Mar, um táxi de letra T, de cor branca, exibia no seu interior uma verdadeira sessão de marketing e publicidade da Madeira. Criativos e designers para quê?

O proprietário da viatura, em plena via pública, não ficava de braços cruzados. Além do workshop improvisado de divulgação no interior do táxi, o condutor lá vendia o seu paixe, que é como quem diz, o produto Madeira, através de mapas e rotas de grande interesse. Uma maneira sui generis de vender o produto. Andámos a estudar para quê?