Portefólio da Cidade: as figuras do incontornável Apolo

MEDICOS POLITICOS PROFESSORESO Funchal Notícias inicia hoje a publicação de um Portefólio da Cidade, em homenagem ao Dia da Cidade do Funchal, que se assinala a 21 deste mês. Privilegiando as imagens, pretende-se traçar um retrato dos ícones desta urbe, das suas figuras, ruas, transportes, arquitetura, assimetrias sociais e tantas outras dimensões que fazem parte da capital da Região. Cada dia, até 21 de agosto, os repórteres deste jornal on line mostram um traço singular do Funchal, fugindo assim à estafada prosa política e institucional que anualmente assinala a efeméride.

apolo
Foto Rui Marote

Abrimos a rubrica dando eco de algumas figuras da cidade que têm por denominador comum o fascínio pelo não menos fascinante e tradicional Café Apolo. Diz quem sabe que é o melhor lugar da ilha para pôr a conversa em dia e saber das últimas.

Os registo históricos dizem-nos que o Café/Restaurante Apolo tem as portas abertas desde 1945, sendo uma referência incontornável na pacata e aprazível cidade do Funchal. Os preços não são lá muito baratos, mas lá diz o povo que a qualidade se paga. De facto, pergunta-se: terá preço uma passagem pelo coração da cidade e atualizar-se das últimas que correm na Pérola do Atlântico, comentadas por profissionais no ativo e por outros tantos aposentados que têm a escola da vida?

 

 

Durante décadas, este espaço comercial, privilegiadamente localizado frente à Se Catedral, tem sido o melhor ponto de encontro de diversas gerações: quantas reuniões de negócios já ali tiveram lugar? Quantas estratégias políticas foram ali desenhadas? Quantas invetivas parlamentares tiveram ali o seu embrião, da direita à esquerda? Quantas notícias foram ali recolhidas? Quantas demissões foram ali urdidas e precipitadas?

leandro
Foto Rui Marote

Mas, justiça se faça, há muitos clientes históricos do Apolo que ali passam apenas para respirar ar fresco, rever os amigos, comprar os jornais e até usufruir do “dolce fare niente”.

Bem se sabe que as grandes superfícies e a moda do Shopping Center desviou muita gente para os modernos recintos do consumo. Por outro lado, a proliferação de esplanadas em lugares nobre do Funchal diversificou a oferta.

bruno-manuel-antonio Mas os frequentadores do Apolo destacam-se pelo ritual de serem fieis a este ponto de encontro com o mundo: os madeirenses, os turistas, os manifestantes, enfim, o povo na sua azáfama diária num Ilha marcada por profundos constrangimentos económicos e sociais.

HELENA - FERNANDO EGIDIO - DR JOAO ALBERTO - BALECAS