Frederica Devónia vence Regata Meo

FREDERICA DEVONIA
A embarcação Frederica Devónia, em representação do Clube Naval do Funchal (CNF), foi a grande vencedora da Regata MEO, 5ª prova da Taça da Madeira de Cruzeiros de 2015, que decorreu no último sábado entre a Ilha da Madeira e as Ilhas Desertas.
Com largada em Machico, passagem na baía do Caniçal e ilhéu Chão, nas ilhas Desertas e respetivo regresso, a mais antiga regata de vela de cruzeiros da região foi organizada pelo CNF em parceria com a Associação Regional de Vela da Madeira e apoio da MEO pelo 10º ano.
Com ondulação de apenas um metro e vento do quadrante norte com intensidade a rondar entre os 5 e os 10 nós, as oito embarcações participantes rondaram a primeira bóia situada entre a Quinta do Lorde e o cais do Sardinha e uma segunda já nas Desertas, tendo depois voltado à baía de Machico, num percurso de 29 milhas.
O barco vencedor, do skipper Martim Cardoso, concluiu o percurso com o tempo compensado de 4.10.36 horas, já na segunda posição ficou o iate Funchalinho, em representação do Clube Naval do Porto Santo do skipper João Sousa, com o tempo compensado de 4.13.58 horas. A fechar o pódio ficou o Bombay de André Abreu que representou o Centro Treino Mar, com o tempo de 4h17m10seg. Seguiram-se ainda na classificação o Red Ruth (Iate Clube Quinta do Lorde), o Medeta (Associação Náutica da Madeira) e o Ayé (Clube Naval do Funchal, em quarto, quinto e sexto lugares, respetivamente.
No que às classes diz respeito, o Funchalinho venceu a classe RI-1, o Frederica Devónia na RI-2 e na classe RI-3 venceu o iate Bombay.

EQUIPA VENCEDORA
A equipa vencedora

A título de curiosidade, refira-se que a primeira embarcação a chegar à meta foi o Funchalinho, com o tempo total de regata de 3h45m05seg, e ainda, que as velocidades médias atingidas pelas embarcações tenham sido de seis nós.
Em classe aberta, com duas embarcações participantes – o L´Arabesque com José Luis ao leme (CNF) levou a melhor sobre o Aquaholic (CNS) que acabou mesmo por desistir devido a uma avaria.