TMN “ressuscita” para chamar clientes a pagar contas de 2013

2015-05-13 12.35.19Dezenas e dezenas de clientes da atual MEO estão agora a ser notificados pela antiga TMN para pagar alegadas facturas em atraso que rondam valores considerados absurdos.

Curiosamente, as facturas datam do ano de 2013, são emitidas com o nome e logo da antiga TMN – hoje MEO – e solicitam ao consumidor o pagamento dos débitos em atraso, desde o 30 aos 50 e tal euros.

Há mesmo clientes que fazem os pagamentos habitualmente por transferência bancária, cujas contas estão devidamente liquidadas, com comprovativo bancário, mas que estão a ser chamados a pagar valores em falta.

O insólito está a acontecer em todo o país e a Madeira não foge à regra. Centenas de reclamações estão a chegar à Associação de Defesa do Consumidor-DECO. Esta adverte o público que, uma dívida não reclamada ou informada ao cliente no prazo de seis meses, prescreve, pelo que não fazem qualquer sentido estas notas de liquidação.