Auditoria às contas de Santa Cruz conhecida a 1 de abril

Filipe-Sousa

Helena Mota

A próxima quarta-feira será decisiva para a Câmara Municipal de Santa Cruz. Será nesse dia que Filipe Sousa espera receber os resultados da auditoria que mandou fazer às contas da autarquia.

O edil revelava ao Funchal Notícias as suas expectativas relativamente ao desfecho deste processo que implicará, segundo disse, o apurar de responsabilidades das anteriores gestões autárquicas do PSD.

Neste momento, a Câmara de Santa Cruz tem às suas costas 12 milhões de euros de dívida ilegal. Por decisão judicial, a atual equipa está obrigada a honrar 9 milhões desse passivo, o que enfurece Filipe Sousa. “Não vou perdoar”, avisou. “Não vamos estar a pagar, a massacrar o povo e os outros ficarem a rir.”

O autarca, que não quis avançar com os resultados antes das eleições legislativas de forma a não ser acusado de aproveitamento político, espera que a auditoria identifique os responsáveis pela dívida para que possam responder perante as autoridades competentes.