O perfil do novo presidente do governo regional

Miguel Albuquerque

Chama-se Miguel Albuquerque. Ousou desafiar Jardim quando todos os interesses estavam instalados. Bateu o pé, foi o delfim mal amado de Jardim. O homem que ganhou as simpatias do eleitorado madeirense prepara-se para o discurso da vitória como novo presidente do governo regional, sucedendo a Jardim, naquele que foi um longo consulado.

A dúvida ainda se coloca em saber se o PSD governa com maioria absoluta, embora as previsões assim o indiquem.

Albuquerque licenciou-se em direito e teve uma curta experiência como advogado. Rapidamente afirmou-se nas fileiras da JSD, sendo depois deputado laranja. Mas foi como presidente da Câmara Municipal do Funchal que ganhou maior experiência política.

Durante anos, disputou silenciosamente a sucessão de Jardim com Cunha e Silva, este último que não lhe poupou críticas e mandou até fazer uma auditoria às contas da Câmara de Albuquerque.

No último congresso do PSD, Albuquerque sagrou-se líder incontestado do PSD/M.

ICON-PSD