Alunos do “Liceu” medalhados no âmbito do Prémio Infante D. Henrique

Foto DR.

No dia 9 de novembro, pelas 16 horas, decorreu, no Salão Nobre da Câmara Municipal do Funchal, a entrega das medalhas aos jovens que realizaram o Prémio Infante D. Henrique.

Este prémio, versão portuguesa do “The Duke of Edinburgh’s Award”, criado por Sua Alteza Real O Duque de Edimburgo, em 1956, é um programa de educação não formal, de desenvolvimento pessoal e social, que prepara os jovens com competências para a vida, não só para fazer a diferença consigo próprios, mas também nas suas comunidades e no mundo.

A Escola Secundária Jaime Moniz oferece a oportunidade aos seus alunos de frequentarem este programa desde o ano letivo de 2019/2020.

Este ano, catorze alunos, acompanhados pela sua monitora, Alzira Mendes, e pela professora Zita Carvalho, em representação da Direção da Escola, receberam as respetivas medalhas, cinco do nível prata e nove do nível ouro.

Estes jovens são o exemplo de que a preparação para a vida não passa só pela educação formal proporcionada pelas escolas. Ao realizarem o Prémio Infante D. Henrique, estão, agora, dotados de muitas outras competências que os tornam seres humanos melhores e mais completos. Através do Prémio, qual porta aberta para o mundo, melhoram a sua participação na vida cívica, desenvolvem os tão importantes soft-skills, expandem os seus horizontes, superam as suas limitações, mantêm hábitos de vida saudáveis, descobrem novas capacidades e objetivos de vida. Numa perspetiva mais prática, o certificado de participação no Prémio Infante D. Henrique melhora as perspetivas de emprego, não só dentro do próprio país, mas também no estrangeiro, uma vez que o mesmo é reconhecido e válido internacionalmente.