CDU quer melhores condições para a frota do peixe espada preto

A CDU esteve hoje no concelho de Câmara de Lobos, com o objectivo de defender investimentos do Governo Regional para a renovação da frota pesqueira do peixe espada preto. O deputado comunista Ricardo Lume disse que “a frota pesqueira vocacionada para a captura do peixe espada preto apresenta condições “sub-humanas”. Os pescadores continuam sujeitos a difíceis condições de trabalho, com precárias instalações sanitárias a bordo, com inadequados dormitórios, sem condições capazes de garantir a adequada água potável, com as messes a bordo absolutamente inapropriadas”.

“Tal realidade”, insiste, “tem determinado uma contínua redução do número de efectivos na actividade e o aumento da idade média dos pescadores, situação que põe em causa o futuro da atividade e do sector das pescas”.

A União Europeia impossibilitou a utilização dos fundos comunitários para a renovação da frota pesqueira do peixe espada preto, situação que é lamentável, mas a CDU considera que é um dever inadiável que as autoridades regionais  garantam medidas concretas com o objectivo de assegurar a renovação da frota de pesca na Região Autónoma da Madeira, designadamente no concelho de Câmara de Lobos.

“Não podemos estar sujeitos às vontades e disponibilidades da União Europeia para defender o sector das pescas na nossa Região”, aponta Lume.

 Para a CDU, a forma como o Governo Regional tem negligenciado as suas obrigações no sentido de disponibilizar apoios regionais para a renovação da frota de pesca tem levado a que na Madeira as condições de trabalho a bordo, em especial nos barcos de pesca de peixe espada sejam das mais negativas do País e da União Europeia.

“O Governo Regional ao longo das últimas décadas não reservou um único cêntimo do Orçamento Regional para a renovação da frota do peixe espada preto”, acusou.

Por isso a CDU apresentou no parlamento regional um Projecto de Resolução que recomenda ao Governo Regional da Madeira que garanta no Orçamento da Região de 2023 a existência de apoios regionais para a renovação da frota pesqueira do Peixe Espada Preto, por forma a dotá-la de melhores condições de segurança, habitabilidade, conforto, trabalho e conservação do pescado a bordo.