Restabelecido abastecimento marítimo ao Porto Santo

Uma nota da Secretaria Regional da Economia informa que o navio “Rebecca S” já se encontra no Porto Santo. O porta-contentores, que partiu ao final da tarde de hoje do porto do Caniçal, onde deixou alguma carga e embarcou outras mercadorias para a “Ilha Dourada”, permitirá regularizar, agora, os stocks de bens essenciais e perecíveis daquela ilha, afirma-se.
Para o governante com a pasta da Economia, Rui Barreto, “esta é uma boa notícia para a população do Porto Santo, na medida em que já é possível o transporte de mercadorias por via marítima, o que vai permitir a normalização do abastecimento junto do comércio e, particularmente, na distribuição alimentar”.
Rui Barreto refere que “a alternativa encontrada pelo Governo Regional de abastecer o Porto Santo por via aérea com os bens essenciais, perecíveis e medicamentos, permitiu, num primeiro momento, atenuar o facto de não ter sido possível o transporte de mercadorias por via marítima devido ao estado do tempo e à forte ondulação, que impediu a operação no porto de abrigo”.
A medida do Governo Regional, segundo Rui Barreto, “foi muito positiva e correu muito bem, graças à disponibilidade do operador de transporte aéreo de mercadorias, mas também é fruto de uma boa articulação com a Câmara Municipal do Porto Santo, a Administração Pública do Porto Santo e as demais entidades públicas e privadas envolvidas. Sem essa colaboração, nada disto seria possível”, acrescenta-se.

O governante destaca, ainda, “a população do Porto Santo que, mais uma vez, mostrou a sua capacidade de superar as dificuldades, mas também a sua compreensão face às adversidades e soluções encontradas pelo Governo Regional, que fez tudo o que estava ao seu alcance para responder às necessidades sentidas nos últimos dias, em que o mau tempo impossibilitou as ligações marítimas com aquela ilha”.