Carlos Pereira salienta investimento do governo de Costa nos cabos submarinos

A candidatura do PS-M às próximas eleições legislativas nacionais relevou hoje o investimento feito  pelo Governo da República no projecto de substituição dos cabos submarinos que ligam a Região ao Continente, com evidentes vantagens para a Madeira.

Em conferência de imprensa realizada no Funchal, o cabeça de lista do PS salientou que este projecto, que está a ser financiado pelo Estado, é determinante para a Região e insere-se no âmbito da garantia da continuidade territorial.

Carlos Pereira realça que os cabos actualmente em funcionamento estão em fim de vida, pelo que a sua substituição – que representa um investimento de 120 milhões de euros (60 para a Madeira e 60 para os Açores) – se revela fundamental.

O candidato frisou que este financiamento está a ser assegurado pelo Executivo de António Costa, por proposta dos deputados do PS-Madeira.

Para Carlos Pereira, é importante que a RAM, de alguma forma, possa ter capacidade para fazer a gestão dos cabos submarinos, porque é muito relevante que sejam feitas políticas públicas de apoio à atração de empresas, com base nas facilidades que os mesmos [cabos] vão trazer”.

“Nós já garantimos que o Governo da República fará uma concessão para que a Região possa ficar com essa gestão. Agora é preciso é que o Governo Regional faça a sua parte”, afirmou.

“Nós temos muito prazer e muita honra em dizer que temos uma grande lista de assuntos e de dossiês que fomos nós que resolvemos”, disse, em nome do PS. “Não queremos apenas levantar a bandeirinha. Queremos dizer que esta é uma grande vantagem e, sobretudo, uma grande vitória para os madeirenses que confiaram no PS e estão hoje a ver resultados”, afirmou Carlos Pereira.