Deputados do PSD-M criticam governo central pela situação nos aeroportos

O grupo parlamentar do PSD veio lamentar a situação que está a ser vivida por centenas de madeirenses que se encontram impossibilitados de viajar de regresso a casa, muitos deles retidos há vários dias nos aeroportos de Lisboa e Porto, devido à inoperacionalidade do aeroporto da Madeira. A situação, denunciam, está a comprometer um tempo que deveria ser passado junto da família nesta quadra natalícia.

Para o PSD, os acontecimentos destes últimos três dias “demonstram a incapacidade e falta de vontade política do Governo da República em resolver esta questão, uma vez que, neste momento, estão reunidas todas as condições para que o Governo da República possa investir nos equipamentos necessários para que a Madeira e o seu aeroporto estavam melhor preparados para reduzir para o mínimo as condições de inoperacionalidade”.

Segundo o deputado Carlos Rodrigues, “os equipamentos estão identificados e a verba necessária para que eles sejam instalados está definida, de acordo com as conclusões do Grupo de Trabalho sob a coordenação do Ministério das Infraestruturas e da ANAC”.

Contudo, este investimento não está inscrito na proposta de Orçamento de Estado apresentada pelo Governo da República, ficando a resolução desta situação adiada, com os constrangimentos que daí advêm para a mobilidade dos residentes e para o turismo.

“A infraestrutura do Aeroporto da Madeira é crítica e fundamental para a economia regional e não pode ficar à mercê deste tipo de indecisões’, afirmou Carlos Rodrigues, realçando que “o Estado tem de assumir, de uma vez por todas, as suas responsabilidades”.