Mares conspurcados também no litoral camaralobense

Na sua “cruzada” inglória contra a poluição marítima nas nossas costas, o Funchal Notícias continua a denunciar a prevalência de imundície no litoral madeirense, no “Melhor Destino Insular da Europa”. Hoje fomos encontrar a omnipresente conspurcação marinha na cidade de Câmara de Lobos, onde manchas de sujidade, por vezes de dimensão bem impressionante, são frequentes. Não admira que a praia local estivesse literalmente “às moscas”, com apenas dois ou três banhistas.

Numa ampla extensão da zona litoral, foi-nos possível detectar pelo menos dois focos de poluição, um deles de dimensão considerável, outro nem por isso. Em Câmara de Lobos, através de imagens captadas por câmaras permanentes, é frequente verem-se manchas enormes no mar. Ora, tal acontece em alturas em que não choveu, logo, não se trata de lama. Pois é, é mesmo porcaria. Porcaria que por vezes as marés também arrastam até ao Funchal.

Exemplo de uma das óbvias descargas: