Câmara do Porto Moniz considera “insólito” três pedidos de substituição do PSD-CDS na primeira reunião

A Câmara Municipal do Porto Moniz descreve, em comunicado, como uma “situação insólita” aquela que se viveu, esta manhã, na reunião camarária.

“Três eleitos pela coligação ‘Mais Para o Porto Moniz’, PPD-PSD/CDS-PP pediram substituição na primeira reunião de câmara, após a instalação dos órgãos daquele Município”, refere uma nota.

Questionado sobre aquela situação, no final da reunião, Emanuel Câmara, presidente da Câmara Municipal de Porto Moniz, começou por dizer que “todos são importantes, mas ninguém faz falta”, salientando, todavia, que “a população do Porto Moniz, que votou naquela coligação para a representar, deve estar, neste momento, a sentir-se defraudada, uma vez que os membros eleitos faltaram logo à primeira chamada para o exercício das suas funções”.

Acresce ao facto de Raimundo Silva, cabeça-de-lista da coligação ‘Mais Para o Porto Moniz’, PPD-PSD/CDS-PP e Raquel Rodrigues, eleita em número dois na mesma lista, terem solicitado substituição na primeira reunião daquele órgão executivo, recaindo a representação daquela coligação sobre os números 3 e 5 daquela lista, uma vez que Anália Matos, número 4 daquela lista, também solicitou substituição.

Ainda no âmbito das declarações proferidas no final da reunião, Emanuel Câmara deu as boas-vindas aos novos vereadores, ainda que não tivessem sido os eleitos, fazendo votos de que os trabalhos para os próximos quatro anos decorram sempre em prol dos interesses da população do Município de Porto Moniz.