APD-Madeira denuncia queixas de cancerosos aos quais tem sido negado seguro

A Associação Portuguesa de Deficientes – Delegação da Região Autónoma da Madeira vem por este meio denunciar que tem recebido várias manifestações de pessoas com incapacidade igual ou superior a 60%, devido a doença oncológica, que afirmam que lhes tem sido negado o acesso a seguro com agravante no crédito habitação.

“Deste modo, achamos por bem reportar a situação à Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões – ASF- que nos respondeu, que se trata realmente de uma situação de descriminação, e tal não deverá acontecer, pelo que sugere que as pessoas lesadas apresentem, por escrito, e devidamente documentada, a sua situação para a ASF poder analisar e dar seguimento, disponibilizando o endereço electrónico: supervisão.comportamental@asf.com.pt .

“A Associação repudia este tipo de atitudes, em pelo século 21, sendo que a
própria legislação já protege as pessoas destes acontecimento. Contudo na prática ainda
acontece. Sendo a doença oncológica algo cada vez mais recorrente, as pessoas devem
ser protegidas e ter acesso com dignidade aos seus direitos, independentemente da
recuperação ou não”, refere uma nota.