CMF assina protocolo de cooperação com a Universidade Aberta

O presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Gouveia, firmou, esta manhã, no Museu A Cidade do Açúcar, um protocolo de cooperação entre a autarquia e a Universidade Aberta. O acordo visa promover ofertas formativas conjuntas, com incidência na componente e-learning. Na ocasião, estiveram presentes a vereadora com o pelouro da Educação na CMF, Madalena Nunes, e o vice-reitor da Universidade Aberta, o académico Domingos Caeiro.

Miguel Gouveia agradeceu à Universidade Aberta por “associar-se a este propósito de fazer do Funchal uma cidade de conhecimento. É um grande orgulho para nós podermos levar para as Aulas Abertas uma das grandes pérolas da nossa história, que é precisamente o Museu A Cidade do Açúcar.”

A plataforma AULAbERTA, da Universidade Aberta, disponibiliza, de forma inteiramente gratuita, temas e recursos para uma experiência de aprendizagem online, demonstrando as vantagens do ensino a distância, através de recursos tecnológicos que permitem aos estudantes, de qualquer idade, em qualquer parte do mundo, aprender online, sem restrições de horário.

Nesse sentido, o Museu A Cidade do Açúcar terá uma aula que será colocada na plataforma e que é desenvolvida em torno de um elemento central, o Açúcar nos séculos XV-XVI. A rota do chamado “ouro branco” teve escala na Madeira salientando a importância do arquipélago no espaço atlântico. Deste histórico percurso serão abordados temas como: A Madeira no Espaço Atlântico; Os engenhos e produção de Açúcar da Madeira; O comerciante de açúcar João Esmeraldo; e o Museu a Cidade Do Açúcar.

“É precisamente esse cosmopolitismo que hoje procuramos abraçar para elevar novamente o Funchal e a Região a um patamar europeu, mas desta vez com a candidatura do Funchal a Capital Europeia da Cultura em 2027″, aproveitou para acrescentar Miguel Gouveia.