Violência no parlamento da Arménia [vídeo]

¡AF!