Rogério Gouveia e Ricardo Nascimento visitaram obras na Ribeira Brava

O secretário regional das Finança e o edil ribeirabravense estiveram na visita às obras de construção da nova passagem hidráulica na Achada dos Aparícios, na freguesia da Serra de Água. Este é um investimento realizado ao abrigo de um contrato-programa protocolizado entre as duas entidades, no âmbito da Lei de Meios.

Conforme explicou na ocasião o presidente da Câmara da Ribeira Brava, Ricardo Nascimento, a obra em questão contempla intervenções em linhas de água que estavam danificadas já desde o temporal de 20 de Fevereiro de 2010. Um contrato-programa foi estabelecido para a concretização da obra, no valor de mais de 800 mil euros. Inclui intervenções nas Ribeira da Tabua, na Furna, na zona do Campanário, a caminho do Lugar da Serra, e na Ribeira Brava ao pé do supermercado Modelo.

Aquando do fecho de uma estrada para recuperação na zona visitada por Ricardo Nascimento e Rogério Gouveia, aproveitou-se ainda, disse o edil, para recuperar uma via automóvel que dá acesso a várias residências, e efectuar uma limpeza de um talude, por razões de segurança.

Rogério Gouveia disse, na oportunidade, que “já conhecia a Madeira profunda” mas que quis naturalmente visitar esta obra com o município da Ribeira Brava, por considerar “importante mostrar à população onde foram aplicadas as verbas da Lei de Meios”.

As mesmas, disse o governante, foram aplicadas não só em obras de grande monta, facilmente identificáveis, mas também em pequenas obras que “têm imensa importância para as populações que dela beneficiam”. Neste caso, há trinta agregados familiares que veem melhoradas as suas condições de acesso à população. Ao mesmo tempo, mitigam-se os riscos das ribeiras.

De acordo com Rogério Gouveia, o Governo Regional já investiu na Ribeira Brava “mais de 130 milhões de euros”. O concelho foi um dos mais afectados no 20 de Fevereiro de 2010.