Um ano após a explosão, a ferida mantém-se aberta em Beirute [vídeo]

¡AF!