CMF diz já ter investido mais de 3,5 milhões em programas de emprego

O edil funchalense Miguel Silva Gouveia, acompanhado pelo respectivo Executivo, procedeu, esta manhã, à entrega dos de certificados a 55 formandos que concluíram o Programa Municipal de Formação e Ocupação em Contexto de Trabalho (PMFOCT), numa cerimónia que decorreu na Sala da Assembleia Municipal.

Miguel Silva Gouveia referiu, na ocasião, que a Câmara Municipal do Funchal “desde a criação deste programa, em 2014, já recebeu mais de 550 formandos, o que representa um investimento de mais de 3,5 milhões de euros”.

“Esta”, disse, “tem sido uma aposta da autarquia na formação dos munícipes e na promoção de políticas de reinserção no mercado de trabalho, que permitiu dotar praticamente todos os nossos departamentos com bolseiros de diferentes áreas de actividade.”

O investimento que a Autarquia tem feito no Programa de Formação e Ocupação em Contexto de Trabalho é exclusivamente feito com recurso ao Orçamento Municipal. O presidente esclareceu: “Não temos qualquer ajuda do Instituto de Emprego da Madeira. No entanto, mesmo sem ajudas de terceiros, a CMF vai continuar a manter este compromisso com o futuro da sua comunidade.”