JPP questiona Machico sobre Plano de Investimentos e Despesas

Carlos Costa do JPP, numa iniciativa política realizada pelo partido, questionou a autarquia de Machico sobre o Plano de Investimentos e Despesas criado pela autarquia para “fazer face a um conjunto de problemáticas que urgem ser resolvidas”.

O candidato do “Juntos pelo Povo” recordou que “o grande propósito do Plano de Recuperação e Resiliência, o PRR, foi ajudar a recuperar, economicamente, os níveis da pré-pandemia. Dos 830 milhões que vêm para a Região, neste mês de Julho, iremos receber cerca de 13% deste valor”.

“O vice-presidente do Governo Regional afirmou que as verbas do PRR iriam ser repartidas, de forma justa e equitativa, pelos Municípios da Região: “Que critérios foram criados para esta atribuição? Quais os valores, os critérios, o Plano? Tudo isto é desconhecido”, reforçou ele.

Por parte da autarquia de Machico, o candidato questiona: “Uma vez que o PRR foi alvo de consulta prévia, qual foi o plano de investimentos e despesas apresentado? As medidas têm em atenção a difícil situação pela qual passam autarquias e empresas desta autarquia?”

“Sabemos que as autarquias têm orçamentos exíguos. Machico, tem previsto para 2021 um orçamento próximo de 12 milhões. Falamos de um orçamento exíguo para a dimensão de Machico. Precisa de um reforço financeiro para fazer face a um conjunto de problemáticas que urgem ser resolvidas”, destacou.

“O JPP irá, durante a campanha, apresentar propostas concretas nos três eixos fundamentais: resiliência, transição climática e transição digital. As nossas propostas irão destacar estes assuntos, para fazer face aos problemas com os quais a autarquia se debate” concluiu.