CDU diz que “não basta que mudem as moscas!”

A CDU realizou hoje uma acção política nas zonas altas do Funchal, nesta tarde de sábado, 29 de Maio. Foi aos sítios das Escadinhas da Estrela e do Vasco Gil, na freguesia de Santo António, constatando o prolongamento dos problemas que afectam as populações e tornam a cidade desigual.

Edgar Silva, coordenador regional, referiu que “não basta mudar de caras, se todos os problemas se vão arrastando, quer com o PSD a comandar a Câmara, quer com o PS”.

“Nas Escadinhas da Estrela, desde a aluvião do 20 de Fevereiro de 2010, quando era o PSD quem comandava a Câmara Municipal do Funchal, até hoje, com a governação do Município pelo PS, continuam por resolver problemas de deslizamentos de terras junto aos acessos das populações às suas casas. Ou seja, houve apenas uma dança de cadeiras, foram substituídos uns por outros no governo do Funchal, mas os problemas que tanto penalizam  o povo continuam por resolver”, acusou.

Outro exemplo de como “não basta que mudem as moscas” é a construção de um acesso rodoviário digno e adequado às necessidades básicas das populações que vivem nas Escadinhas da Estrela. Disse Edgar Silva que”já quando o PSD tinha maioria na CMF a população reclamava um acesso rodoviário com um mínimo de condições. Com o PS em maioria na CMF os problemas continuam e as populações continuam a ser vítimas de políticas geradoras de uma cidade ainda mais desigual”.

No Sítio do Vasco Gil, Edgar Silva afirmou que lugares como aquele demonstram como cresce e se mantém o Funchal desigual.

Para a CDU é, pois, necessária outra política, em alternativa ao PSD e ao PS, capaz de garantir resposta aos problemas do presente e soluções de futuro, na luta por uma vida melhor.