JM diz que MEDIARAM veio “normalizar o sector”

Um comunicado da ALRAM dá conta da ida do director editorial do Jornal da Madeira ao parlamento regional, opinar que o Programa Regional de Apoios à Comunicação Social Privada – MEDIARAM veio normalizar o sector, lamentando “ter demorado tanto tempo”, para acontecer.

Agostinho Silva foi ouvido, esta tarde, durante a audição realizada na Comissão Especializada Permanente de Política Geral e Juventude sobre os “apoios à comunicação social privada”. Perante os deputados defendeu um aumento dos apoios e negou a existência de pressões do poder político devido às ajudas concedidas.

Os deputados madeirenses ouviram também a opinião do administrador do JM sobre o mesmo assunto. António Abreu garante que o MEDIARAM é “um bom instrumento”. Teve como propósito ajudar a “democracia e a população”. Vincou ainda que este programa regional veio trazer um “certo equilíbrio” à comunicação social madeirense, refere um comunicado do parlamento regional.