PS exige estabilização da estrada 222 na Ribeira Brava

O PS-M veio exigir que o Governo Regional leva a cabo, o mais cedo possível, a obra de estabilização da estrada regional 222, na Ribeira Brava.

A deputada Olga Fernandes, também candidata à presidência da Câmara Municipal da Ribeira Brava, adiantou que esta é uma necessidade que já se vem arrastando desde 2018, altura em que ocorreu uma derrocada no sítio da Banda de Além. Por isso, urge avançar com esta obra, para garantir a segurança das pessoas que ali transitam, bem como dos seus bens.

A socialista adiantou também que, um pouco mais acima, a escarpa desta mesma estrada está a ser monitorizada há vários anos, sem que até ao momento sejam conhecidos os resultados desses trabalhos nem tenha sido feita qualquer intervenção. Olga Fernandes apontou que na zona da ‘Volta da Amiga’ recentemente desprenderam-se pedras de grande dimensão, pondo em causa a segurança de quem ali passa.

“É um risco iminente, o perigo está à espreita”, alertou a deputada, frisando que “a estabilização desta estrada é uma prioridade dentro das obras importantes” e que “é preciso dar primazia àquilo que é prioritário para a segurança de pessoas e bens”.

Segundo a parlamentar, desde que ocorreu a derrocada, em 2018, “a câmara e o Governo culparam-se um ao outro sobre quem recaía a responsabilidade da execução da estabilização da estrada regional 222”, mas acrescentou que, desde que a obra passou a constar do Programa de Governo (algo defendido pelo PS na Assembleia Legislativa), terminou “essa culpabilização e essa verborreia” entre as duas entidades governativas. No entanto, constatou, os trabalhos continuam por executar.

Olga Fernandes aproveitou ainda para felicitar os ribeira-bravenses neste que é o Dia do Concelho.