GESBA atribui 750 mil euros aos bananicultores

Uma informação do Governo Regional da Madeira refere que o mesmo, através da Empresa de Gestão do Sector da Banana (GESBA), transferiu ontem para as contas bancárias dos cerca de 2.850 produtores de Banana da Madeira um importante contributo financeiro complementar, de auxílio aos factores de produção, na ordem dos 750 mil euros.

Destinado a apoiar os bananicultores na aquisição, por exemplo, de produtos fitofarmacêuticos e fertilizantes, e a manter e melhorar a qualidade do produto, este apoio é atribuído a cada produtor em função da área cultivada no ano de 2020, esclarece a Secretaria da tutela.

O auxílio financeiro, que é distribuído desde 2018, teve em consideração uma majoração em função da qualidade da banana e uma majoração para os produtores cujas explorações agrícolas estão certificadas com o referencial Global GAP e que tenham produção em modo biológico.

“Este apoio representa um aumento médio de três cêntimos e meio no valor a pagar aos produtores, cerca de 5% de aumento do preço face ao ano anterior e demonstra bem que com o Governo Regional, com a empresa pública e esta forma de trabalhar é possível gerar sucesso no sector”, anunciou o secretário regional de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Humberto Vasconcelos, garantindo que “desde que a empresa tenha essa possibilidade, todo o valor disponível será distribuído pelos agricultores”.

Com uma produção de mais de 20 mil toneladas anuais, o sector da Banana da Madeira tem um impacto económico que é vital para a Região. A sua dimensão e relevância fazem deste sector um dos mais importantes para o desenvolvimento e sustentabilidade da agricultura regional.