PSD-M conclui que o Governo Regional “é exemplar” na conservação da natureza

Os deputados do PSD Madeira entendem que a Madeira é exemplar na política de conservação da natureza e das florestas, e destacaram hoje a aposta e o investimento que tem sido realizado pelo Governo Regional, com destaque para o papel determinante do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza.

Após reunirem com Conselho Directivo do Instituto, num encontro no qual foram abordados os projectos em curso e as acções desenvolvidas no âmbito do ordenamento florestal e da prevenção de incêndios, face ao período que se aproxima, a deputada Cláudia Perestrelo sublinhou as operações de limpeza, combate a invasoras e florestação que estão a decorrer em mais de 90 hectares, a par da limpeza e beneficiação de mais de 200 quilómetros de caminhos florestais.

“Constata-se que, efectivamente, este Instituto tem dado um contributo significativo ao nível da prevenção dos incêndios, com uma forte aposta na melhoria das condições de trabalho e de desempenho operacional do Corpo de Polícia Florestal”, referiu.

Segundo a deputada, a constituição do corpo de sapadores florestais está em fase de conclusão, prevendo-se também a integração de mais 18 elementos no Corpo de Polícia Florestal.

Cláudia Perestrelo lembrou ainda que a Madeira foi pioneira na criação da carreira do Vigilante da Natureza, valorizando o seu papel de agentes de protecção civil com competências também na prevenção e deteção de incêndios florestais e rurais, bem como na colaboração no âmbito das atribuições da proteção civil nas áreas protegidas, refere o PSD.