Albuquerque vai visitar amanhã o projecto “Nómadas Digitais”

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, visita amanhã, dia 11 de Março, pelas 11.30 horas, o Centro Cultural John dos Passos, onde decorre, de 1 de Fevereiro a 30 de Junho de 2021, o projecto-piloto “Nómadas Digitais”.

O projecto tem como promotores a Secretaria Regional da Economia e a Startup Madeira e nele estão envolvidos, enquanto parceiros, a comunidade de nómadas digitais, empresas locais [hoteleiros e proprietários de alojamento local, empresas de animação turística, restauração, rent-a-car, saúde, consultoria, advogados, etc.), o Centro Cultural John dos Passos, a NOS Madeira (internet) e plataformas internacionais (Nomadx e Flatio.com).

Nos últimos meses, a Secretaria Regional da Economia, através da Startup Madeira, tem desenvolvido as bases do projecto Digital Nomads Madeira Islands. A iniciativa destina-se a atrair, para a Madeira e Porto Santo, “Nómadas Digitais” e é uma oportunidade de a região ser pioneira e marcar a diferença num nicho de mercado em grande crescimento, afirma o Governo Regional.

A Digital Nomad Village da Ponta do Sol é, garante-se, um conceito único na Europa e chamou a atenção da imprensa internacional. Após a abertura das inscrições o projecto foi notícia em + de 50 meios de comunicação. CNN, EuroNews, Forbes, 150sec, Lonely Planet, Der Spiegel, Huffington Post, The Japan Times, Times of India, Mirror são alguns dos exemplos da imprensa internacional que deu destaque a este projecto desenvolvido pela equipa da Startup Madeira e pelo consultor Gonçalo Hall, também ele nómada digital.

À data de hoje, já se contabilizam mais de cinco mil pessoas interessadas no projecto, declara o GR.

Os nómadas digitais são indivíduos que trabalham online e viajam a tempo inteiro pelo mundo. Ainda recentemente, milhares de empresas anunciaram que vão abraçar para sempre o teletrabalho, como é o caso do Facebook, Twitter, Outsystems e Talkdesk.

O projeto desenvolvido pela Secretaria Regional da Economia, através da Startup Madeira, visa atrair nómadas digitais de todo o mundo para trabalhar desde a Madeira.