Estepilha: Limpar a poeira ao mesmo tempo que a obra decorre

Rui Marote
Esta manhã o FN captou estas curiosas imagens na descida da Rua Carvalho Araújo: trabalhadores numa azáfama abrir uma vala para saneamento básico ao hotel em reconstrução. Até aqui nada de inusitado. O engraçado é que, de imediato uma imagem nos chamou a atenção: um trabalhador com uma esponja e balde de água lavava de imediato as paredes do prédio conspurcadas pela poeira do entulho retirado. Excelente, bravo, bravíssimo. Nem foi necessário aguardar pelo fecho da vala. Um pormenor: o edificio em causa pertence a CR7… Interrogamo-nos apenas: e se pertencesse ao Zé da esquina? O tratamento seria igual? Não nos parece provável… Lá diz o povo, dois pesos, duas medidas…