A caminho das Autárquicas de 2021 (Ponta Delgada)

Ponta Delgada é uma freguesia do concelho de São Vicente, recentemente fustigada pelo mau tempo. Situada na costa norte da ilha, limita-se com o Oceano Atlântico o norte, Serra de Água a sul, Boa Ventura aoleste e a freguesia de São Vicente a oeste.

A freguesia de Ponta delgada está localizada a cerca de 6 quilómetros da sede do concelho de São Vicente. O seu Padroeiro é o Senhor Bom Jesus.

Nesta freguesia de solo rico e fértil, a agricultura teve desde sempre um papel preponderante na economia local.

Ponta Delgada figura proeminentemente no romance “A Corte do Norte”, de Agustina Bessa-Luís.

Foi também nesta freguesia que nasceu outro eminente escritor, Horácio Bento de Gouveia.

Politicamente falando, na freguesia de Ponta Delgada, os eleitores deram sempre vitórias ao PSD …até 2013.

José Miguel Freitas Luís é o presidenre da Junta desde 2013 pelo movimento “Unidos por São Vicente”.

Até 2013, o PSD sempre teve maiorias absolutas, sendo a mais relevante em 1989.

Essa vitória ‘laranja’ em 1989 com 72,8% dos votos até teve um sabor especial pois do outro lado estavam CDS e PS coligados.

O PS nunca ganhou nesta Junta freguesia e obteve o seu melhor resultado eleitoral (37%) a 9 de outubro de 2005, era então candidato por São Vicente, João Carlos Gouveia.

O CDS sempre teve nesta freguesia resultados residuais sendo o melhor resultado de sempre alcançado em 1985 (11,7%).

Depois, em 2013, entrou em cena uma nova realidade política. A coligação “Unidos por São Vicente” (UPSV) venceu a Junta de Freguesia de Ponta Delgada por maioria absoluta (54,9%) contra os 39,6% alcançados pelo candidato do PSD.

Em Ponta Delgada, PS e CDS testaram uma coligação por duas vezes mas em ambas (1989 e 2001) o melhor que conseguiram foi 32% de preferências do eleitorado em 2001.

Nas últimas Autárquicas de 2017, o movimento UPSV voltou a vencer por 75,38% (545 votos) reelegendo José Miguel Freitas Luís.

O PS obteve 14,80% (107 votos); a CDU 2,21% (16 votos); e o PTP 1,52% (11 votos). O PSD não concorreu nas últimas Autárquicas.