Presidente da ALRAM lamenta morte de Carlos do Carmo

O presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, José Manuel Rodrigues, manifestou o seu profundo pesar pela morte do fadista Carlos do Carmo.

“Portugal perdeu uma grande figura da cultura portuguesa e um dos maiores promotores e visionários do Fado. Carlos do Carmo deixa um enorme legado e uma vida dedicada à divulgação do Fado e da música portuguesa, no país e no estrangeiro, sendo de relevar o seu respeito pela língua portuguesa, pela poesia e pela tradição”, refere José Manuel Rodrigues, acrescentando que “o país perdeu um grande vulto da cultura, mas para sempre perdurará a marca indelével, na música portuguesa e no Fado, que muito poucos, como Carlos do Carmo, souberam interpretar”.

À sua família o presidente do parlamento da RAM dirigiu as mais sentidas condolências.