AMRAM assinou protocolo com o SESARAM

A Associação de Municípios da RAM assinou ontem um protocolo com o SESARAM, do qual resulta a atribuição de 73.200 euros para a aquisição de equipamento hospitalar, destinado ao combate da pandemia da COVID-19.

Este apoio foi aprovado por unanimidade pelos 11 municípios envolvidos e destinar-se-á à aquisição de uma máquina coração-pulmão, equipamento indispensável para as cirurgias de coração aberto, no valor de 57.750 euros. O restante ‘plafond’ destina-se à compra de frigoríficos para controlo de temperatura de fármacos, dois blocos de aquecimento e uma microcentrífuga.

Durante a assinatura do protocolo, o presidente da AMRAM, Ricardo Nascimento, afirmou que as questões de Saúde devem ser abrangentes a todas as instituições. “Nós, municípios, devido à nossa proximidade com as populações, tivemos várias e pequenas medidas que se transformaram em grandes [medidas], desde o confinamento de Março de 2020”, declarou.

Na ocasião, Ricardo Nascimento elogiou, ainda, todo o trabalho realizado pelo Serviço Regional de Saúde no combate ao vírus e lembrou que, “além da COVID-19, há outros problemas de saúde que vão continuar [a existir]” e é necessário termos consciência “das limitações do SESARAM para fazer face a todos estes problemas”.  Neste sentido, a verba de cerca de 70 mil euros será uma grande ajuda “para os doentes que precisarem destes equipamentos”, acrescentou.

A presidente do SESARAM, Rafaela Fernandes, por seu turno, aproveitou a oportunidade para reiterar o agradecimento público à AMRAM pela disponibilidade nesta colaboração, que proporcionou as condições para a aquisição de alguns “equipamentos que são cruciais nesta campanha de combate à COVID-19”.