A “desafiante” aventura do Pe. Óscar Andrade, de Smart da Boaventura à Camacha

O Pe. Óscar Andrade, natural da Falca, em Boaventura, viveu ontem e hoje uma “aventura”.

Foi ontem almoçar a casa dos pais, na Boaventura e ficou retido até hoje de manhã.

Ao Funchal Notícias, explicou que a família começou a aperceber-se  que algo de anormal se passava por volta das 16 horas.

Uma quebrada ao pé da bomba de gasolina, no acesso aos sítios da Falca e Lombo do Urzal, foi apenas um dos sianais.

Depois um familiar que vive mais abaixo, no sítio do Pomar, divulgou imagens da situação à entrada do túnel da viaexpresso, perto do campo  de futebol.

Já esta manhã, como tinha serviço pastoral nas suas paróquias da Camacha, fez-se à estrada com o seu pequeno Smart. Foi o que lhe valeu ter um Smart. Por ser um veículo pequeno era fácil desviar-se das muitas pedras que encontrou pelo caminho.

O troço mais difícil foi entre casa e Ponta Delgada. A estrada regional no sítio da Travessa, na Boaventura, ficou quase intransitável.

“Foi desafiante”, disse.

Pelo caminho ainda captou algumas imagens que aqui reproduzimos.